domingo, agosto 30, 2009

O eterno sertanejo na voz de Victor e Leo

278_220-vitor-e-leo-2 Já faz um tempo que estou pra postar alguma coisa, sobre o sertanejo da dupla Victor & Leo. Eu cresci ouvindo som de viola. Meu pai é um sertanejo do interior de São Paulo, de Barbosa, próximo a Penapólis. Cidadezinha pequena ia apenas quando criança brincar com os primos. Cresci ouvindo Tonico e Tinoco, Sérgio Reis, Milionário e José Rico. Minha mãe também tinha suas paixões sertanejas. Junto com minha tia as duas cantavam na macarronada de domingo, Cascatinha e Inhana, Silvinha fazia parte do repertório. Não cresci um amante do ritmo, apenas escutava por respeito e por achar bonito. Como minhas irmãs, fomos para o lado mais industrial da coisa: Abba, Madonna, A- HA, Erasure, Cyndi...

Ainda em São Paulo, eu já ouvia falar de Victor e Leo. Mas não dava a mínima. Dava-me “preguicitti”. Mas aqui no interior é muito comum. Então, passei a ouvir mais este ritmo. Querendo ou não, é o que mais tem aqui é o sertanejo. Logo, comecei a observar as músicas, mais atento no som do Victor e Leo. Lendo a Rolling Stones estes tempos atrás, vi que os dois estavam citados como as novas vozes do Brasil (do sertanejo). Eleito pela Revista Rolling Stones. Faz sentido, eu que sou uma pessoa super POP e industrial, que não tenho interesse nenhum no sertanejo, comecei a ver com outros olhos. Outro dia estava aqui na republica vendo TV. Entediado com a programação fui ver um DVD e achei o deles. Assisti inteiro, mas me bateu uma depressão do caramba. Dei risada no final.

Domingo, o Fantástico fez uma reportagem com eles. E já estava mais “enturmado”, e comecei a me entrosar mais. Em Bragança Paulista, na minha segunda casa, a Ignes ( mãe da Hémily) adora a novela das seis. “Nossa, que linda música de abertura”. Questionei a abertura da novela Paraíso. Um mimo de novela, enredo tranqüilo e um elenco de homens bonitos de tirar o chapéu. E não é que a música é deles? As vezes me pego cantando a música, lógico, do meu jeito. Errado mais constante. Rarará!

Resumindo, confesso que os caras são bons, bonitos e gente fina. Letras bem selecionadas que fala de amor, vida no campo e até de qualidade de vida. Nota 10 para os caipiras. Porque eles merecem!

SEGURA PEÃOOOOOOOOO… LÁ EM CASA!

5 comentários:

Anônimo disse...

Vogueee!
Que lindo seu post sobre música sertaneja!
Não sou fã do estilo,mas confesso que cresci ouvindo, meu pai escutar os discos e cassestes sertanejos dele!
Victor e Leo é uma dupla legal,não entendo o porquê as vezes que ouço alguma música deles,elas conseguem tocar meu coração...Estranho isso.

J´aimeee Má Cher

Bsouxx Bsouxx

Aline

LAN Blogger disse...

Oi! Inicialmente eu queria te parabenizar pelo seu lindo blog, tanto na estética quanto no conteúdo. E agradecer também pelo recadinho que tu deixou no meu humilde bloguinho caseiro que nem de longe se compara ao seu.
Muito obrigado pela gentileza em postar um comentário pra mim.
Um abração,
Allan.

ANA disse...

Olá!
Obrigada pelo comment por lá...e parabéns por sua página! Quanto à dupla Victor e Leo, eu não ouço, mas minha mãe ouve e fala muito bem deles. As letras são muito legais. Beijos.

ANA
http://www.tresmitiges.blogspot.com

fe disse...

Falar que nunca ouviu Victor e Leo eh mentira...quase impossivel...agente pode não saber qual musica eles cantam e talz...mas com ctz td mundo jah ouviu!

PS: Nem sou fã de sertanejo! rss

BML

Lívia Ramirez disse...

Vizinho, você não me acordou, mas acordou as catalanas que estavam aqui em casa. Acho que elas morreram de susto pra sempre.
De qualquer forma, é claro que te perdoamos e entendemos.

xoxo

Lívia